O conteúdo desta página requer uma versão mais recente do Adobe Flash Player.

Obter Adobe Flash player

O conteúdo desta página requer uma versão mais recente do Adobe Flash Player.

Obter Adobe Flash player

Projeto que beneficia portadores de necessidades especiais
transformado em lei

Para algumas pessoas o simples ato de caminhar pelas ruas das cidades mineiras representa um grande desafio.

Portadores de deficiência física, visual ou com mobilidade reduzida deparam-se, diariamente,
com inúmeros obstáculos urbanos, tais como: enormes buracos de obras abertos nas calçadas
sem nenhum aviso, telefones públicos (orelhões) no meio do caminho e banheiros públicos que não
conseguem utilizar com segurança.

Na maioria das vezes, os ferimentos são causados pelos telefones públicos (orelhões),
 dispostos sem nenhum critério nas metrópoles de nosso Estado.

Para os deficientes visuais, detectar um orelhão antes de bater a testa ou a cabeça em sua lateral é um desafio, segundo informações de funcionários da “Escola Estadual São Rafael, em Belo Horizonte,
considerada referência educacional dos portadores de deficiência visual em Minas Gerais.

A Lei nº 17785, recentemente aprovada na Assembléia Legislativa de Minas Gerais,
 oriunda de projeto do deputado estadual Doutor Viana (DEM), estabelece o planejamento
de políticas públicas urbanas em relação aos portadores de deficiência física, visual e de
 mobilidade reduzida, facilitando-lhes a acessibilidade, tais como banheiros públicos e
 lavatórios adaptados, orelhões instalados em locais de fácil acesso e que tenham informações
 para os deficientes visuais, dentre outros.

“Resguardar o direito de todos é dever do parlamentar.

Uma simples 'sapata' elevada na mesma circunferência do telefone público (orelhão),
de forma detectável, poderia resolver o problema dos acidentes ocorridos com os deficientes visuais”, alerta o deputado estadual Doutor Viana (DEM).

APC: Recebido da assessoria do deputado, nossos agradecimentos. Estamos acompanhando a aplicação da lei e encaminhado de modelo para outras cidades e estados.

 

 

Voltar