O conteúdo desta página requer uma versão mais recente do Adobe Flash Player.

Obter Adobe Flash player

Associação Projeto Cuidador
Tire suas Dúvidas
Envie-nos suas dúvidas

<1     2>
 
•  HIPERTENSÃO ARTERIAL?

Resposta:

-Faça a aferição (medida) da pressão arterial regularmente, de preferência com um profissional da saúde. Evite alimentos industrializados com alto teor de sódio (sal), diminua o sal da sua alimentação diária.

-Não coloque o saleiro na mesa.

-Mantenha uma alimentação saudável, com frutas e verduras diariamente.

-O consumo diário de sal é de no máximo 5g/dia. Isto equivale a 3 colheres de café rasas.
A chamada pressão alta causa vários problemas sérios de saúde: infartos, derrames, angina, dentre outros.

Sua saúde depende de seus hábitos diários.

Cuidador, ter saúde é manter o equilibro. Equilibro na alimentação, nas tarefas cotidianas e prevenir doenças.

PESQUISA: Regina Valéria de Vasconcellos Lima

• QUAL É O PAPEL DA FAMÍLIA NA RECUPERAÇÃO DE UM PACIENTE?

Resposta:

Ser o responsável pelos cuidados de alguém que fica dependente, debilitado, em recuperação, sem condições físicas para realizar tarefas que sempre desempenhou com independência, exige um grande desafio pessoal.
A família inegavelmente desempenha um papel fundamental para esta pessoa com novas e urgentes necessidades.
Se o Cuidador Responsável for um membro da família muitas novidades e desafios se apresentam.

Muitas vezes essa pessoa, a quem chamamos de Cuidador, não está preparada nesse momento, que envolve um turbilhão de novos sentimentos e emoções, ao qual deve se adaptar. Frustração, cansaço, raiva ou culpa são sentimentos comuns à grande parte dos Cuidadores.

 O papel do Cuidador e o da família são fundamentais na recuperação do paciente.
O Guia Prático do Cuidador, editado pelo Ministério da Saúde, define o Cuidador como “a pessoa, da família ou da comunidade, que presta cuidados a outra pessoa, de qualquer idade, que esteja necessitando dessa atenção por estar acamada, com limitações físicas ou mentais, com ou sem remuneração”.

O Cuidador deve saber, no entanto, que ajudar o paciente nem sempre significa realizar as atividades por ele. O importante, muitas vezes, é estimular, orientar, supervisionar, auxiliar, ter paciência e esperar que, aos poucos, o próprio paciente possa realizá-las sozinho, trazendo com isso melhoras e satisfação. Mas, em alguns casos, há necessidade do cuidado integral do paciente que se encontra em situação de maior ou total dependência. Nesses casos, o Cuidador deve exercer sua função sempre com carinho e paciência.

Cuidadores Contratados
O responsável pelo Dependente quando contrata um Cuidador estará buscando um substituto direto. Que tenha qualidades e formação adequada para lidar com o tipo de dependência em questão.  O Cuidador contratado precisa conhecer suas funções, amadurecer uma relação de confiança com o Dependente e estabelecer confiança mútua com os responsáveis.


O Dependente terá que aceitar que outro faça por ele suas necessidades. Isto é por muitas vezes insuportável, e deve ter um tratamento especial. A escolha de um Cuidador deve levar em conta uma somatória de qualidades e de orientações que faça desse Cuidador um parceiro.


Cuidadores Contratados, portanto não leigos, precisam estudar, buscar conhecimento, participar de cursos para ficar atualizado e cumprir sua missão com a mais eficiente atuação.
A pessoa ideal é aquela que serve ao momento. Todos podem mudar menos os Dependentes. Cuidadores devem ser substituídos sempre que não estiverem atendendo as necessidades do Dependente ou de seus responsáveis.


Por ex. o Cuidador pode ser o melhor e mais preparado, mas, não pode trabalhar à noite. Infelizmente, se preciso que ele trabalhe à noite, terei que dispensá-lo. Não faça concessões, por mais simples que pareçam, pois com o passar dos dias elas ficam impossíveis de se lidar.  Trace uma meta e estabeleça prioridades e itens que devem ser cumpridos para o cargo a ser preenchido. Avalie se a pessoa que você pretende contratar preenche todas as exigências. Indicações são muito valiosas, pois já trazem uma avaliação preliminar, se forem de pessoas de nossa confiança.

RESPONDIDO POR: REGINA VALÉRIA

• COMO EVITAR ESCARRA EM PACIENTES ACAMADOS?

APESAR DE NO SITE JÁ TER MATERIA A RESPEITO RESOLVI RESPONDER, POIS É UMA PERGUNTA FREQUENTE ENVIADA PELO SITE E BLOG.

CONHEÇA OS NOVOS MATERIAIS QUE FORAM LANÇADOS NO MERCADO. BUSQUE INFORMAÇÃO PELA INTERNET, EM GRUPOS DE APOIO, EM CASAS DE RECUPERAÇÃO.
É IMPORTANTE O APRENDIZADO CONSTANTE. ESTÁ SEMPRE SURGINDO NOVIDADES.

 DICAS: colchão caixa de ovos

Os Cuidadores devem conhecer e usar para seus pacientes acamados. O nome é por seu formato de caixa de ovos, e será colocado entre o colchão normal e o lençol, vindo em cima a travessa. 

Este cuidado evita a formação de escarras, ele é lavável e deve ser virado diariamente para não pegar o formato do corpo. Só existe de solteiro e beneficia o paciente inclusive evitando a passagem de "xixi' para o colchão normal.   Não se esqueçam que o colchão normal deve ser virado sempre, para evitar fazer o formato do corpo e não "criar" bactérias indesejáveis.   Todo cuidado é pouco para pacientes acamados e crônicos.

O colchão caixa de ovos pode ser usado nas poltronas e cadeiras que o paciente gosta de ficar. Recorte-o do tamanho e formato que precisar e cuide-o da mesma maneira que do usado na cama.
A travessa pode ser usada em poltronas, no sofá, que o paciente usa, sempre da mesma maneira que na cama, bem esticada e resistente.


Cuidador- vire o paciente crônico  no maximo 2 em 2 horas. 
• POSSO SER UM VOLUNTÁRIO? GOSTARIA DE SER UM VOLUNTÁRIO COMO EU FAÇO?

Resposta:

Voluntariado - Novos Tempos Novos Rumos

peixe“Voluntário é o cidadão que, motivado pelos valores de participação e solidariedade, doa seu tempo, trabalho e talento, de maneira espontânea e não remunerada, para causas de interesse social e comunitário,” segundo Programa Voluntário do Conselho da Comunidade Solidária lançado em 1997.

Esse novo conceito trás ao mundo do voluntariado uma visão de trabalho onde a eficiência no resultado e a profissionalização vai ser a meta para novos rumos.
As ações se apresentam voltadas à realidade onde se desenvolve, deixando para trás o assistencialismo e paternalismo, e se abre para uma nova conjuntura expandindo

MUITAS ENTIDADES ESTÃO BUSCANDO AJUDA DE VOLUNTÁRIOS. VISITE O SITE DA COMUNIDADE SOLIDÁRIA NO SITE DA PREFEITURA DE SÃO PAULO.

OU PARTICIPE DE UMA ENTIDADE PROXIMA À SUA RESIDENCIA. APRESENTE-SE E DIGA DA SUA VONTADE, SUA DISPONIBILIDADE DE TEMPO E NO QUE GOSTARIA DE AJUDAR.

TODA AJUDA É BEM VINDA. DOAR SEU TEMPO, SEU EMPENHO E SEUS DONS PARA QUEM PRECISA É NO MINIMO COMPENSADOR E GRATIFICANTE. MANDE PARA O NOSSO EMAIL A SUA HISTORIA DE CUIDADOR VOLUNTÁRIO. PUBLICAREMOS COM ORGULHO E SATISFAÇÃO.

VENHA FAZER PARTE DESTA CORRENTE SOLIDARIA E VAI SENTIR-SE MAIS VIVO E MAIS HUMANO.

RESPONDIDO POR: REGINA VALERIA, PRESIDENTE DA APC.
• DICAS SOBRE O USO DE CAMAS, TRAVESSEIROS E FRONHAS - TRAVESSAS

Lençóis e Travesseiros (fronhas)
Sempre limpos e preferencialmente de algodão e passá-los a ferro quente antes de usar para prevenir fungos.

A troca deve ser a cada dois dias no maximo para evitar contaminações.
Se puder, secá-los ao sol. Em caso de doentes crônicos não misturá-los com os outros da casa.
Evitar cheiros e excesso de amaciantes. O ideal é serem brancos para lavar com cândida.
Os travesseiros devem ser colocados ao sol 1X por semana, ou pelo menos para arejar.
Travesseiros devem ser da altura ideal para evitar dores nas costas.

Deve ter mais de um para usar como descanso de pernas e braços e, em varias alturas e densidade.
Evitar mofo, umidade, ácaros, fungos é prevenir a contaminação do paciente.

Cama
É muito importante a arrumação da cama para pacientes crônicos e acamados. O lençol deve estar o mais esticado possível, se necessário amarre as pontas no estrado.
A cama deve ser firme, sem movimentos, para não marear o paciente.
A cama precisa de limpeza diária, com pano limpo e álcool e ser preferencialmente de solteiro para facilitar o trabalho do Cuidador.

Se for preciso usar grades de segurança, que sejam de madeira e forradas, para evitar machucados.
O colchão precisa tomar ar, ser virado e limpo constantemente para evitar bactérias e fungos indesejáveis. Use o tempo em que o paciente está na poltrona para fazer isso.
Qual o melhor?     Depende de cada caso, peça orientação ao fisiatra ou fisioterapeuta.
Cuidador - lembre-se que parte do tempo de um paciente é passada em um colchão, por isto cuide que seja confortável.

Travessa
Travessa é o nome dado a um lençol, bem resistente, de solteiro dobrado em 3 partes, que será colocado entre o paciente e o lençol da cama  e serve para movimentar o paciente sem tocá-lo, evitando a formação de manchas de pressão ou escarras de pressão

Cuidador - esta é sem duvida uma função sua e, se não conhece peça orientação, o seu paciente precisa destes cuidados.
Cuidador faça corretamente o seu trabalho e oriente os responsáveis, caso eles não tenham este conhecimento.

RESPONDIDO POR: REGINA VALERIA

• COMO LIDAR COM O SEXO NOS PACIENTES DEPENDENTES/PACIENTES IDOSOS?

A sexualidade não tem idade. Cuide principalmente da prevenção.
Busque o equilíbrio e atenda ao paciente com carinho e respeito. O preconceito pode atrapalhar uma relação saudável e de amorosidade.

A sexualidade, o uso de drogas, as doenças sexualmente transmissiveis-DST- e a AIDS existem em qualquer idade. E deve merecer toda nossa atenção.
Não existe idade para se cuidar e cuidar do corpo, da mente, das relações familiares e das amizades. As relações sociais podem proporcionar experiência, estimulação, idéias novas, novos interesses e novas atitudes.

É preconceito imaginar que pessoas idosas não têm relações sexuais e, que, portanto não há necessidade de prevenção.
O envelhecimento Ativo é uma conquista.

Mas deve vir acompanhado de qualidade de Vida. Devem vir acompanhado de participação, projetos, cidadania, respeito e muitos sonhos.
Não  devemos esquecer que as pessoas idosas têm sentimentos, vontades, desejos e não são seres assexuados. Gostam e precisam: abraçar, beijar, manter relações sexuais, ser feliz, Viver plenamente e AMAR sendo Amado.

A saúde Completa depende de gestos de Amor, solidariedade, conhecimento e Compaixão de todos.
No caso de Dependentes físicos ou mentais que tem vida sexual ativa todo cuidado, acompanhamento, deve ser feito com respeito e sem tirar a dignidade da pessoa humana. 
RESPONDIDO POR: REGINA VALERIA

• Como socializar os pacientes dependentes?

Socialização é sinônimo de AMOR e RESPEITO.
O inicio da socialização começa em casa.
Socializar é conviver. Conviver é permitir.

Permita aos portadores de necessidades especiais conviverem em ambiente familiar, participando de todas as ações e decidindo por suas vontades.

Seja participativo, interaja e permita que as opiniões sejam divididas.
Diga não ao preconceito e a separação. Ao socializar, conviver, os pacientes tornam-se menos solitários e podem ter atitudes mais positivas.

• NA HORA DE REPOUSAR SEMPRE TENHO UM SENTIMENTO DE CULPA. É NORMAL?

Resposta:

Muitos Cuidadores comentam sobre este sentimento. A responsabilidade é tamanha que acham que sua ausência pode causar algum problema, que outros não atenderão adequadamente a seu paciente. Com o tempo isto pode tornar-se uma atitude causadora de sérios riscos ao seu paciente, pois, a falta de descanso traz sintomas de falta de atenção, por exemplo.

REPOUSAR É NECESSÁRIO. NÃO DEIXE DE DESCANSAR ADEQUADAMENTE. UM BOM DESCANSO NOS PREPARA MELHOR PARA A JORNADA DE TRABALHO.

Saiba que o retiro, o descanso é um ato de força.
É no retiro que se consegue, no presente, preparar uma base sólida para o futuro.
Verdadeiros milagres acontecem em sua vida, quando está descansado e equilibrado.

REFLITA:
SABER equilibrar o seu próprio CORPO pode fornecer-lhe a CHAVE para observar   coisas novas e com mais clareza.

O DOM DA SABEDORIA ESTÁ SEMPRE NO CORAÇÃO DAQUELE QUE RECEBE E PERMANECERÁ VIVO ENQUANTO FOR HONRADO COMO BENÇÃO.

O PONTO DE VISTA ALHEIO É MUITO VALIOSO E NOS ENSINA A MANEIRA DE ESCUTAR E COLOCAR EM PRATICA TODO AQUILO QUE OUVIMOS.


Respondido por: Regina valéria

• QUAL O USO CORRETO DE MÁSCARAS E LUVAS?

Resposta:

SEMPRE DESCARTÁVEIS, PARA QUE TENHAM GARANTIDA SUA FUNÇÃO.

Conversei com vários profissionais da área de saúde a esse respeito.
 Drª Kazuko U. Graziano, chefe titular de enfermagem do Hospital das Clinicas de São Paulo, esclarece que o uso "indiscriminado" das luvas em casa pode ser até prejudicial.

Explico: o correto é usar só para fazer os procedimentos que exijam higiene ou os que possam contaminar.

As luvas são descartáveis.  O Cuidador que usa luvas para todo e qualquer procedimento pode estar contaminando vários locais. Por esta razão preste muita atenção ao usar luvas descartáveis. Use-as de maneira a serem úteis e realmente servirem ao procedimento e não contaminar.
Estando de luva o Cuidador não está imune a contaminação, por vezes imagina que estando de luva "pode tudo", o que não é verdade.

Deve lavar as mãos da mesma forma, com e sem luvas, e descartá-las após o uso, em local apropriado, ou seja, não no lixo caseiro e sim separado, em lixo contaminado; que deve ser lacrado e colocado separado dos outros lixos da casa, e identificado. Pense que o lixeiro poderá ser contaminado caso o saco rasgue, etc.

Existem embalagens apropriadas para este fim, que o responsável deve fornecer.
Peça orientação ao médico de quais procedimentos exige o uso de luvas, por ex. limpar as fezes, limpar ferimentos, trocar curativos, aplicar injeções, etc.  cada paciente deve ser tratado de maneira individual, e respeitado em suas necessidades.

Máscaras, luvas, lavagem das mãos são itens importantes para a saúde do Cuidador e de seu paciente.
Os Cuidadores deveriam usar mascaras como rotina em caso de pacientes infectados (com alguma infecção no corpo); ficando a critério do médico que assiste o paciente ou do responsável pelo paciente que pode exigir o seu uso.

No caso dos pacientes gripados eles também podem usar máscaras para se proteger.
O aviso é que somente o uso da mascara não significa que o paciente não estará correndo riscos, tampouco o Cuidador.
A Higiene sim, esta é importantíssima: lavagem das mãos em água corrente, sempre, e, toda vez que for manipular o paciente.

Paciente limpo e ambiente limpo significam que os riscos são menores.
Portanto o Cuidador também deve fazer sua parte: lavar as mãos ao chegar, e durante o dia várias vezes.
Lavagem das mãos em água corrente limpa e sabão neutro. Secagem com papel descartável.
E quanto às luvas- se for necessário para manipular o paciente sim, não use constantemente, pois a pessoa  com luva imagina que pode manipular tudo sem higienizar em seguida as mãos.

Respondido por: Regina Valéria

Faça a sua parte!

O que me preocupa não é o barulho dos maus é o silencio dos bons

A APC FAZ PESQUISA DE MATERIAS DE INTERESSE DE CUIDADORES, MANIFESTADAS ATRAVÉS DE NOSSO BLOG OU SITE E EM REUNIÕES OU SALAS DE AULA.
NOSSO SITE É REFERENCIA PARA ESTES CUIDADORES E SUAS DÚVIDAS, SEUS INTERESSES E SUAS DEMANDAS É QUE DÃO A NÓS A DIREÇÃO E AS AÇÕES A SEREM TOMADAS.

 

• Como fazer quando toda família e amigos desaparecem?
Resposta:

É mais comum do que gostaríamos. Acontece depois de um tempo, depois das visitas iniciais, da curiosidade, quando tudo entra na rotina e cada qual vai cuidar de sua própria vida. Os responsáveis pelo paciente tornam-se os únicos a estar diretamente envolvidos.

Refita:
"Para conhecermos os amigos é necessário passar
pelo sucesso e pela desgraça.

No sucesso, verificamos a quantidade e,
na desgraça, a qualidade.”
Confúcio


Então como já disse o mestre Confúcio vão estar conosco, poucos, mas os melhores amigos. E teremos que tocar a vida com eles, com sua inestimável ajuda e colaboração.

Se achar necessário que algum amigo venha, diga a eles que sente falta da presença, telefone marcando um chá, um cafezinho para reunir e se mesmo assim não obtiver retorno, siga com sua missão. No caso de familiares esta situação por motivos que cada um deve refletir e questionar, o importante é o diálogo. Os pacientes ficam comovidos e sentem-se culpados pela situação em que se encontram e não devem participar destas discussões.

Um Mediador pode tentar reverter esta situação. Não se sinta sozinho, pois, esta é uma das queixas principais de Cuidadores responsáveis. E não existe um modelo a seguir cada caso exige uma observação e uma atitude.
 
RESPONDIDO POR: REGINA VALERIA

• Algumas dúvidas enviadas pelo nosso Blog:

1.O que é Dermato? O que ele faz?
Bem, não é Dermato, e sim Dermatologista.
Dermatologistas - médico que cuida da pele.  Isto mesmo, médico especialista em cuidar da pele, cabelo, unhas e seus tratamentos.

2.O Que significa a SIGLA: CA?   - Esta é a sigla normalmente usada para identificar Câncer.
ALGUMAS DICAS IMPORTANTES:
O câncer de pele é quase sempre curável quando detectado precocemente.
O melhor método para descobrir as alterações iniciais é o AUTOEXAME
Examine todo o seu corpo de 3 em 3 meses detalhadamente, CUIDADOSAMENTE. Se precisar peça ajuda. Olhe no espelho. Aproveite o horário do banho, ou antes, de vestir-se.

Fique atento caso observe algum desses sintomas:
- Lesão de pele que aumente de tamanho, seja translúcida, marrom,vermelha, rósea, ou multicolorida.
- Sinais com mudança na coloração e/ou textura, bordas com formato irregular, aumento de tamanho ou que sejam maiores do que a circunferência de um lápis.
- Mancha ou sinal que coça ou sangra por mais de 3 semanas e se assemelha a uma ferida que não cura ou,quando cura,reaparece.
- Áreas ásperas da pele.
- Ao redor do sinal, a pele torna-se vermelha ou inchada.
- Sinal que aparece depois dos 21 anos.
- Sinal com formato irregular, reentrâncias e entalhes.
- Sinal com varias tonalidades de marrom ou preto e, às vezes, com tons avermelhados, brancos e azuis.
Cuidadores: ao observarem que seus pacientes apresentam quaisquer destes sinais e sintomas informem ao médico OU AO SEU DIRETO RESPONSÁVEL.
Se necessário ele pedirá um exame mais rigoroso para um médico dermatologista.

OUTRAS DÚVIDAS enviadas:
4.O que é Dislexia? - Dificuldade de aprendizado. Existe tratamento e cura.

5.TDAH: déficit de atenção

6.Uma fonoaudióloga é a profissional indicada para estes tratamentos.

7.E também para DISFONIA: alterações de fala e voz.

Além de outros tratamentos e orientação para deficientes auditivos (ouvidos). 
Os profissionais de Fonoaudiologia fazem um curso superior (faculdade) e depois cursos e pós-graduação, para se especializarem.
Fique atento a você e seus pacientes.   Isto é saúde!

Dúvidas respondidas por: Regina Valeria de Vasconcellos Lima

• O QUE FAZER QUANDO O PACIENTE TEM MEDO DE CAIR?

MEDO DE CAIR
Segundo a Sociedade Brasileira de Geriatria e Gerontologia, as quedas constituem a primeira causa de acidentes em pessoas acima de 60 anos e as mortes causadas por elas ocorrem principalmente nos idosos.

O próprio envelhecimento é uma condição que propicia quedas. Com o passar dos anos, ocorre uma lentidão dos reflexos posturais, dificuldades visuais, principalmente à noite e, fraqueza muscular. O uso de medicamentos contínuos pode causar tonteiras e pressão baixa.
Para diminuir o perigo de uma queda dentro de casa, o ambiente precisa ser seguro, bem iluminado, sem tapetes e mesa de centro.

A Instalação de uma barra de apoio no banheiro e colocação de piso antiderrapante podem ser ótimas opções para dar segurança ao idoso. 
Cuidadores fiquem atentos em casa e nas calçadas tão irregulares e sem qualquer segurança, pois, uma queda aparentemente sem importância pode causar sérios problemas para qualquer recuperação em andamento.

Avalie os locais onde passam seus idosos e pacientes...

Respondida por: Regina Valeria
• Quais os calçados e as meias, mais indicadas para pacientes dependentes?

Neste caso a pergunta pode ser respondida para dependentes, deficientes e idosos.

USO DE CALÇADOS E MEIAS

Os calçados devem ser confortáveis, limpos e macios.
Pacientes acamados usam poucos calçados, geralmente chinelos e sandálias.
Use chinelos com velcro para serem de fácil manuseio, e chinelos com solado de borracha que não escorreguem. Podem ser lavados e secos para evitar fungos e bactérias.

Sapatos só bem macios e confortáveis. A limpeza pode ser feita com álcool e deixar secar ao sol.
Meias macias e que não apertem para não atrapalhar a circulação sanguínea. De preferência de algodão, e no inverno de lãnzinha.

Cuidadores: lembre-se que pacientes gostam de estar confortáveis, mas bem arrumados.   A auto estima precisa ser mantida a qualquer custo, faz bem para a saúde geral
Mas o médico fisiatra, os terapeutas, os fisioterapeutas podem ter uma orientação mais precisa para cada caso. Como sapatos especiais, etc.

Respondida por: Regina Valeria

• COMO SER SUSTENTÁVEL EM NOSSO COTIDIANO?

Sustentabilidade ao seu Alcance

O desenvolvimento sustentável de qualquer país, cidade ou mesmo empresas é um desafio que só pode ser alcançado com a participação de todos.
Por meio de atitudes simples que fazem a diferença na construção de um mundo melhor.
RECICLAR: essa é uma das ações.

Vocês  CUIDADORES podem fazer sua parte em casa. Separe o lixo e recicle tudo o que for possível.
Sua atitude será copiada por quem convive com você.
Estará ajudando famílias que tiram seu sustento da reciclagem de lixo.
Estará tornando o mundo em que você vive mais limpo e digno.
Comece hoje e divulgue suas ações.


RESPONDIDO POR: Tarcisio Martins
• Tenho um paciente dependente que está bem de saúde, como devo proceder?

Os Dependentes assintomáticos (que são aqueles que não sentem dores, ou incômodos)  devem ser regularmente observados por um médico. Se não houver um que seja o responsável pelo atendimento, procure um centro de saúde da  sua cidade. Procure atendimento e cumprimento das leis que protegem os idosos e deficientes.

O ideal seria um médico que acompanhasse todo o período de Dependência de seu paciente e orientasse os familiares e Cuidadores. Muitas cidades do Brasil, já têm atendimento pelo Médico de Família, o que torna mais fácil o acompanhamento e detecção de anormalidades. Você Cuidador Responsável, observe atentamente as mudanças e alterações de comportamento e de saúde de seu paciente. A prevenção ajuda a diminuir surpresas desagradáveis e mesmo modificações drásticas em doenças.  

Mesmo com boa saúde, sem sintomas, dores, incômodos, todos devemos prevenir doenças, e para isso precisamos estar atentos e fazer exames de rotina. Os exames de rotina podem detectar anomalias e estas se forem atendidas evitarem males maiores.  Cuidador zele pela sua saúde!

Respondida por: Regina Valeria

• COMO FAZER QUANDO A FAMILIA NÃO PERCEBE O PROBLEMA DO PACIENTE/DEPENDENTE?

Não é raro os familiares ignorarem os sintoma e comportamentos alterados que pessoas próximas apresentam. Embora estejam juntos e convivendo, a maioria das vezes, esses comportamentos são considerados como normais, pois aparecem lentamente e de forma branda sendo assim assimilados no convívio. Esta é uma das causas da falta de diagnósticos precoces e de avanços nas doenças.   

Um comentário, uma observação, uma dica de pessoas de fora da família deve ser levado em conta. Uma consulta anual ou até semestral ao médico pode diagnosticar precocemente algumas doenças. Ninguém está imune a ser acometido de uma enfermidade. Os avanços da medicina proporcionam tratamentos que podem preservar por longos períodos os avanços de sintomas. Ficar atento aos sinais e comportamentos e não ignorar queixas pode ser determinante.

As doenças de família, que acometeram pais, avós, tias precisam ser observadas e consideradas um alerta. Ignorar as alterações e comportamentos pode atrasar tratamentos e serem significativos no resultado. O zelo em excesso é mais saudável que a falta dele.
RESPONDIDA POR: Regina Valeria


• QUAIS AS FUNÇÕES QUE DEVE DESEMPENHAR UM CUIDADOR?

Resposta:

Cuidador, familiar ou contratado, deverá realizar ou auxiliar o paciente nas atividades da vida diária como:
• Ajudar a sair e voltar para a cama, mesa, cadeira, etc;

• Ajudar na higiene corporal: cabelos, unhas, pele, barba, banho, troca das roupas pessoais e do leito ocupado, higiene íntima, etc;

• Ajudar na locomoção e atividades físicas apoiadas (andar, tomar sol, movimentar as articulações);

• Preparar, estimular e ajudar na alimentação via oral ou por sondas (receberá treinamento para a realização deste procedimento, se necessário); e só realize procedimentos que saiba fazer corretamente. Erros podem prejudicar o paciente.

• Manter a limpeza e a ordem da casa ou do quarto do paciente, promovendo ambiente seguro e diminuindo os riscos de acidentes;

• Proporcionar um ambiente confortável para o repouso e o sono;

• Executar e estimular os exercícios físicos recomendados e supervisionados pelos profissionais de saúde que acompanham o paciente;

• Acompanhar o paciente em consultas, exames e hospitalizações;

• Servir de elo entre o paciente, seu médico e outros profissionais técnicos que prestam assistência.

• Administrar as medicações, nos horários e dosagens prescritos pelo médico.
Dentre outras atividades para as quais forem contratados ou sintam-se preparados para executar.

Recados Cuidadores

Não espere recompensas imediatas por seu trabalho.
Faça o melhor que puder, sempre.
Não pense pelo Dependente, pense como o Dependente.
O seu melhor aprendizado é diário, fique atento à sua percepção.
Ao lidar com a vida de outros nos tornamos seu igual.
A compaixão é o sentimento mais nobre e necessário para ser um Cuidador.
Amor deve ser praticado todos os minutos de sua vida.
Se escolheu ser um Cuidador faça sempre o seu melhor.
Se estiver um Cuidador procure aprender e agradecer a oportunidade.
Cuidador é aquele que CUIDA de dores.
Os sonhos acalentam a alma, pratique!

Respondido por: Regina Valeria

     
  Em caso de dúvidas, entre em contato com a APC.
Envie-nos suas dúvidas!
 
     

   Voltar