O conteúdo desta página requer uma versão mais recente do Adobe Flash Player.

Obter Adobe Flash player

O conteúdo desta página requer uma versão mais recente do Adobe Flash Player.

Obter Adobe Flash player

TODO CUIDADO É POUCO QUANDO FALAMOS DA VIDA DE OUTRA PESSOA

                
"As forças naturais que existem dentro de nós é que curam nossas doenças"  (Hipócrates)

Atenção!

Você tornou-se Cuidador?

Está iniciando suas atividades?

 Ainda não tem experiência?

Vá com calma. Não assuma funções que não está preparado para realizar.

O assunto é muito sério. É a vida de outra pessoa. Avalie suas reais condições, seu preparo.

Não se sinta forçado a nada. Só faça aquilo que tenha segurança de saber FAZER.

A responsabilidade é da família. Não assuma riscos para você e para o seu paciente.

Mesmo que alguém diga que pode fazer, que tudo bem, depois será cobrado, acredite.

E você que contratou assegure-se que o Cuidador saiba realizar as tarefas para as
quais está se propondo. A responsabilidade é da família. A vida é valiosa e não devemos
correr riscos. Aliás, o risco é de todos. O Cuidador de Pessoa não pode exercer funções
de enfermagem, em nenhum momento.

Nem funções que caberiam a uma pessoa formada em auxiliar de enfermagem.

Conheça o CBO, no site www.aprojetocuidador.org

Todo Cuidado é pouco, quando falamos da vida de outra pessoa.

 

Escrito por: Regina Valeria





Voltar Topo