O conteúdo desta página requer uma versão mais recente do Adobe Flash Player.

Obter Adobe Flash player

O conteúdo desta página requer uma versão mais recente do Adobe Flash Player.

Obter Adobe Flash player

Cuidando do Cuidador

A mentalidade de que é preciso cuidar do cuidador é uma ação preventiva. O comum é que se treinem as pessoas para cuidar dos outros.
Mas e a necessidade do cuidador?

Se ele não for assistido nas suas necessidades, isso vai interferir no atendimento que prestará. Seria essencial que se agregasse à prática técnica e científica o respeito à singularidade das necessidades do paciente e do cuidador, acolhendo o desconhecido e o imprevisível, e aceitando os limites de cada situação.

Tendo um respaldo, e algo em que se possa ter como âncora, o cuidador realizará seu trabalho com muito mais empenho e responsabilidade, além de trabalhar com muito mais satisfação por saber que, assim como ele tem que cuidar de seus pacientes, há também quem cuide deles.

Além disso, o cuidado com o cuidador pode proporcionar ao profissional da saúde a oportunidade de resgatar o verdadeiro sentido de sua prática, sentido e valor de se trabalhar numa organização de saúde, pois resgata sua própria auto-estima.

As pessoas que cuidam acabam por sofrer um grande desgaste emocional. Porém passam a idéia de que cuidam também de si mesmas (Fernandes, Batista e Leite, 2003).

 

Pesquisa feita por: Regina Valeria



 

Voltar Topo